VIVENDO

❤Transformar, transmutar, recomeçar.
Encontrar a paz em você, no viver, não importa onde.
O mundo dá voltas, a ampulheta da vida corre.
A areia não para, é impossível segurá-la com os dedos (não importa o quanto tentemos).
Sorrio para o mundo, que nem sempre sorri para mim.
Desfruto do doce e do amargo da vida (um não vive sem o outro).
Ajo com convicção, carisma e segurança.
Às vezes, me desfaço em mil pedaços. Cato todos depois e me reconstruo.
Sou de areia. Moldo-me e remoldo-me. Faço e me desfaço.
Sob as ondas do mar, do olhar generoso do sol e à luz do luar.
Sou o castelo da minha criação. Sou vulcão em constante ebulição.
Choro, sorrio e vivo.
Um passo de cada vez. Um dia depois do outro.❤

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.