INCÊNDIO


❤ Há fogo que queima. 
Nossas entranhas, nossas asas, nosso futuro. 
Porém, há aquele fogo que queima expectativas, medos e fracassos. 
Alimentar a chama certa é o desafio. 
Mantê-la acesa, a utopia. 
Viver é o equilíbrio entre acender e apagar o fogo que mora no peito. 
Às vezes, é preciso deixá-lo nos consumir. 
Outras, sequer deixar a chama brotar. 
Na fogueira de quem somos, muito fogo queima, pouco não aquece. 
É vivendo que se chega à temperatura certa. ❤


COMENTE COM O FACEBOOK

Tecnologia do Blogger.